Projetos Co-Financiados

Identificação e Enquadramento do projeto

Designação do Projeto: ABIMOTA EXPORT 2020 - PROJETOS CONJUNTOS - Internacionalização

Programa Operacional: Programa Operacional Competitividade e Internacionalização

Objetivo Temático: OT 3 - Reforçar a competitividade das Pequenas e médias empresas

Prioridade de Investimento: PI 3.2 - O desenvolvimento e aplicação de novos modelos empresariais para as PME, especialmente no que respeita à internacionalização

Tipologia de Intervenção: TI 52 - Internacionalização das PME

N.º Projeto: 045155

Fundo: FEDER

Localização do projeto: Região Centro

 

Montantes Envolvidos

Investimento Total: 779.294,11 euros

Investimento Elegível Empresas: 662.400,00 euros

Investimento Elegível Promotor: 116.894,11 euros

Incentivo Total não Reembolsável: 430.559,99 Euros

Data de Início do projeto: 2020-11-14

Data de Fim do projeto: 2022-11-14

 

Síntese do projeto:

O objetivo da presente candidatura consiste na estruturação de um plano de atividades organizado que reforce a capacitação empresarial das PME para a internacionalização, de modo a permitir o aumento da sua base e capacidade exportadora e reconhecimento internacional, através da implementação de ações de promoção e marketing, da sua presença em certames internacionais e do conhecimento e acesso a novos mercados. O projeto prevê ainda a integração das empresas em plataformas digitais B2B, que permitam acelerar os processos associados à Indústria 4.0.

 

Descrição e objetivos do Projeto;

O projeto Abimota Export 2020 corresponde à aplicação aos diferentes setores de atividade que fazem parte do âmbito de atuação da Associação da experiência adquirida na promoção e captação de investimento realizados no setor da mobilidade suave desde 2012.

O modelo de atuação estruturado, que foi materializado na iniciativa Portugal Bike Value, permitiu à ABIMOTA obter uma importante visibilidade e notoriedade internacional para o Setor Industrial das Duas Rodas português.

Assim a estrutura do projeto persegue uma estratégia e está organizada em dois eixos de atuação em torno dos setores mais representativos do universo de associados da ABIMOTA: Duas Rodas (mobilidade suave) e Ferragens.

O objetivo é o de maximizar os impactos dos investimentos para as empresas participantes, pelo que a seleção das feiras a participar tem como requisito o alcance e variedade de origens dos diversos participantes no evento. Assim a seleção para este tipo de evento focou-se nos eventos que conseguem atrair o maior número de visitantes dos diferentes mercados alvo, independentemente da sua localização, tendo-se deste modo e com base na informação e interesse recolhidos junto das empresas participantes optado por selecionar:

Mobilidade: Eurobike e Taipe Bike Show

Ferragens: Batimat e BAU

Outra forma, que se tem provado lucrativa em termos de investimento, tem sido a visita a eventos numa estratégia de contacto direto com importadores e distribuidores, como forma de apresentar tantos os produtos, como as competências das empresas portuguesas. Esta abordagem é particularmente interessante, nos estágios iniciais de auscultação a novos mercados, onde ainda não existem muitas referencias à industrial portuguesa. Neste caso e tendo em consideração a estrutura da candidatura, optou-se pelos seguintes alvos:

Mobilidade: India, Singapura

Ferragens: Colômbia, Dubai

As escolhas destes mercados prendem-se no caso da mobilidade, pelo potencial de crescimento que estes mercados emergentes apresentam, associados à apetência pelos fornecedores europeus. Já no caso das Ferragens, a seleção segue a informação que existe sobre o plano de expansão imobiliária em curso no Dubai, a que se acrescenta o carater de interface comercial do emirado. A Colômbia tem vindo a apresentar níveis de crescimento económico importantes, que é indicativo de um potencial importante para o setor das ferragens e de outsourcing.